Fraude corporativa: o que é?

Preparamos uma série de perguntas e respostas para esclarecer o que é fraude corporativa.

 

Afinal, o que é fraude corporativa?

Segundo WELLS (2002), fraude corporativa é “tudo que a engenhosidade humana pode conceber e é utilizado por um indivíduo para ter vantagem sobre outro por meio de sugestões falsas ou omissão da verdade. Isto inclui surpresa, engano, esperteza ou dissimulação e quaisquer outros meios injustos por intermédio dos quais outra pessoa é enganada.”

 

O índice de fraudes corporativas no Brasil é muito alto?

A quarta edição da pesquisa “A fraude no Brasil” (KPMG, 2010), com base em questionário enviado para mais de mil das maiores empresas do país, concluiu que 70% dos entrevistados sofreram fraude em sua companhia nos últimos dois anos. Além disso, 50% das empresas acreditam que a fraude no Brasil poderá aumentar nos próximos dois anos, o que denota que o índice de fraudes corporativas é muito alto.

 

Como posso identificar uma fraude dentro da minha empresa?

A melhor forma de se identificar uma fraude é ouvindo as pessoas, tanto os envolvidos diretos como indiretos. Isso pode ser feito por um canal de denúncia ou por entrevistas comportamentais.

 

Existem empresas especializadas em investigação de fraude corporativas?

Há diversas empresas especializadas em investigação de fraude corporativa, desde Big4, consultorias de gestão de riscos, empresas de investigação, entre outras. A S2 Consultoria é a única focada na Dimensão Humana da fraude.

 

É possível prevenir a fraude corporativa?

Toda fraude se origina do fator humano! E, com isso, é nessa dimensão (humana) que a organização deve focar para prevenir a fraude corporativa, identificando possíveis causas que levaram pessoas a fraudar, desenvolvendo programas preventivos e restabelecendo os balizadores de integridade da organização.

 

Veja a seguir algumas maneiras práticas de prevenção a fraude.

 

1- Inserindo no processo seletivo a análise de Potencial de Integridade Resiliente, identificando assim o grau de resistência que aquele profissional tem quando se deparar com uma tentação para cometer uma fraude;

2- Diagnosticar o Compliance Organizacional, ou seja, o quanto as políticas estão aderidas pelos profissionais da organização e, desenvolver os possíveis gaps encontrados;

3- Realizar Entrevistas Demissionais em Profundidade para buscar possíveis causas de ações antiéticas na organização.

 

Eu posso iniciar uma investigação para combater a fraude dentro da empresa?

Não somente “pode”, conforme descrito no artigo 2º da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) que define o poder potestativo da empresa em realizar tal investigação, mas também “deve” considerando que com a nova Lei Anticorrupção Brasileira (Lei 12.846/2013)há responsabilidade objetiva da empresa que foi agente de corrupção.

 

É possível identificar uma pessoa com tendências a aceitar suborno antes da contratação?

Sim! É possível identificar o potencial que uma pessoa tem em resistir a uma oferta de suborno, seja ela um candidato ou mesmo um atual empregado.

 

Você se interessou pelo tema? Então conheça o nosso treinamento Aprenda a obter informações e detectar mentiras.

S2 Consultoria

A S2 desenvolve a Integridade Resiliente dos profissionais e organizações por meio de métodos empáticos e pragmáticos.

Todos os direitos reservados © S2 Consultoria

Share This