fbpx

Bastidores da análise PIR.

Bastidores da análise PIR
por Diana Ito, especialista PIR e bacharel em Relações Públicas

“O PIR capta as questões éticas nos detalhes das situações, muito além de teorizar a dicotomia entre ser ou não ser ético. Ele oferece ao participante a oportunidade de autoanálise e reflexão quanto a sua atitude ética. O PIR contribui de forma efetiva para a melhoria ética da sociedade”. Diana Ito, especialista PIR.

O Potencial de Integridade Resiliente – PIR, desenvolvido pela s2 Consultoria, é o primeiro teste de integridade validado cientificamente e com foco na dimensão humana do risco. Com eficácia comprovada de 82%, a ferramenta, já utilizada em mais de sete mil avaliações, se diferencia por ter consistência na identificação da integridade humana e no desenvolvimento de ambientes profissionais resilientes à fraude, corrupção e assédio.

A etapa mais aguardada do teste é a devolutiva para o participante. Qual é conduzida por um profissional especialista na ferramenta de compliance, oriundo das ciências humanas e sociais [Direito, Relações Públicas, Administração ou Psicologia].

Para elucidar a metodologia aplicada pela s2 Consultoria, alguns especialistas foram convidados a compartilhar suas experiências, com o intuito de facilitar a compreensão do processo a partir do olhar de quem tem a vivência dos bastidores da análise PIR. Diana Ito, especialista PIR, há um ano e três meses, e bacharel em Relações Públicas conta a seguir um pouco de sua experiência. Confira!

s2 Consultoria: Como você se tornou especialista PIR?
Diana: Encontrei a divulgação do recrutamento em um grupo de Relações Públicas, no Facebook, que despertou o meu interesse. Por já conhecer a importância do compliance eu decidi buscar mais informações sobre a proposta da s2. Ao conhecer o processo de desenvolvimento e aplicação do PIR o meu interesse se intensificou. Então me candidatei e pouco tempo depois a minha seleção foi realizada via Skype. Depois de aprovada, eu participei do treinamento de certificação PIR, no qual além do aprendizado, houve troca de experiências. A partir daí a empolgação em fazer parte do projeto só cresceu.  

s2 Consultoria:  Como você se sentiu quando começou a realizar as análises?
Diana: No início fiquei bem insegura, mas o apoio da equipe s2 foi essencial, não apenas nas técnicas, mas também no trato pessoal. Eu me senti mais segura e confiante para desenvolver a análise. Outro diferencial foi o fato de eu ter respondido o PIR durante o processo de seleção, assim pude conhecer melhor a ferramenta e compreender a sensação do respondente.

s2 Consultoria: Na sua opinião, como o PIR contribui para o desenvolvimento de uma sociedade mais ética?
Diana: Nesse tempo como especialista pude perceber como é mais difícil do que pensamos enfrentar dilemas éticos na vida pessoal e profissional. É fácil ter um discurso ético, pois nós, em maioria, nos percebemos como pessoas éticas, no entanto, ao nos depararmos com os dilemas apresentados no teste nos confrontamos e percebemos que não estamos realmente preparados para enfrentá-los. Por oferecer a oportunidade de reflexão sobre o nosso comportamento frente aos dilemas éticos, o PIR se torna fundamental para a mudança do comportamento ético da sociedade.

s2 Consultoria: O que de mais interessante e/ou curioso você notou durante as análises?
Diana: O mais interessante é a capacidade que o PIR tem de fazer com que o participante se autoanalise, de modo que abre caminho à evolução ética a partir da autorreflexão.  O curioso foi perceber que a percepção e a mudança de visão de alguns participantes acontecem ainda durante a aplicação do teste.  

s2 Consultoria: Como é a sua parceria com a s2?
Diana: A s2 é muito parceira de seus especialistas e propicia a todo o momento um ambiente integrador, principalmente por atuarmos home office e sermos de diferentes regiões do País. Eu não me sinto longe fisicamente, porque a humanidade dos profissionais da s2 imprime humanismo em cada ação. Eu tive a felicidade de comprovar isso em muitas situações, desde a comunicação de minha gravidez, passando pelo dia do nascimento da minha filha, ao carinho e suporte em todos os momentos até então.    

s2 Consultoria: Você exerce outras atividades além das análises PIR?
Diana: Sim, sou coordenadora administrativa de vendas numa multinacional japonesa do ramo agrícola. A minha parceria com a s2 é como pessoa jurídica, de modo complementar.  

Se você é profissional atuante nas áreas de Administração, Psicologia, Direito ou Relações Públicas e tem interesse em integrar o time de especialistas da S2 Consultoria, preencha o formulário.

 

S2 Consultoria

A S2 desenvolve a Integridade Resiliente dos profissionais e organizações por meio de métodos empáticos e pragmáticos.

Todos os direitos reservados © S2 Consultoria

Share This