Quando os funcionários tendem a cometer uma fraude?

O Pentágono da Fraude é a metodologia desenvolvida pela S2 Consultoria e tem como bases o Triângulo da Fraude e o Diamante da Fraude. Em sua proposta adiciona ao desenho o vértice DISPOSIÇÃO AO RISCO.
O Phd e sócio da S2, Renato Santos, propõe em seu estudo este novo modelo preditivo, com o objetivo de identificar estratégias que possam gerar efeitos dissuasórios – ou seja: ser capaz de dissuadir, fazer com que alguém mude de opinião ou desista de alguma coisa. A percepção do risco e de sua disposição em assumí-lo no ato decisório da fraude é um elemento preditivo fundamental nesta metodologia.

Em todos os casos estudados, o funcionário, ao decidir cometer a fraude, considerou pelo menos uma das três formas de disposição ao risco: risco perigo, risco probabilidade e risco aventura.

“O risco perigo está associado ao medo das consequências do ato fraudulento; o risco probabilidade, à percepção da impunidade caso a fraude seja descoberta; e o risco aventura, ao prazer em viver o desafio de cumprir metas, de lutar pela organização, de progredir na carreira (que não raro, é assumido com a anuência explícita ou implícita no superior hierárquico)”, explica Santos.

Para ter o acesso a parte introdutória da tese CLIQUE AQUI.

O estudo de casos múltiplos em 10 empresas privadas brasileiras, ocorreu no período de novembro de 2014 a outubro de 2015, e indicou dados que impressionam como:

  • 30% das organizações tem Receita Operacional Bruta de R$ 301mi a R$ 1bi
  • 40% com mais de 5.000 funcionários
  • 34% com mais de 11 anos de tempo de organização
  • 40% com salário variando de R$ 21mi a R$30mi
  • 47% das fraudes ocorreram no período de 6 a 12 meses

Convidamos você a conhecer no detalhe as características destas empresas, a caracterização dos fraudadores e das fraudes, bem como o Pentágono da Fraude. Clique nos links abaixo e confira os infográficos já disponíveis:

Infográficos 1 e 2 – Contextualização da Amostra & Pentágono da Fraude

Infográfico 3 – Tipologia da Fraude

Infográfico 4 e 5 – As 35 causas de fraude identificadas & TOP 10 Causas da Fraude

Infográfico 6 – A fraude não compensa

Infográfico 7 – A coocorrência entre disposição ao risco e os demais componentes

Infográfico 8 – Considerações Finais

S2 Consultoria

A S2 desenvolve a Integridade Resiliente dos profissionais e organizações por meio de métodos empáticos e pragmáticos.

Todos os direitos reservados © S2 Consultoria

Share This